5 Fatos – Sono do Bebê de Dois Anos

Sono do Bebê de Dois Anos

Se faz algum tempo que você vem seguindo este blog, provavelmente sabe alguma coisa sobre regressões do sono. Provavelmente, você as vivenciou em primeira mão, certo? Porém, se é nova por aqui, deixe-me atualizá-la. Uma regressão do sono do bebê refere-se a um período em que o bebê que vem dormindo bem e repentinamente começa a acordar. Seja a noite e/ou nas sonecas ou até se recusa a dormir.

Há várias fases de regressão que a maioria dos bebês atravessa. Uma aos 4 meses, outra aos 8, 9 ou 10 meses, uma terceira por volta dos 18 meses. E (como se não fosse suficiente) uma final por volta dos dois anos. Este artigo vai focar alguns dos desafios que envolvem o sono. Incluindo elementos que fazem parte da regressão do sono dos dois anos.

5 Fatos – Sono do Bebê de Dois Anos

1.Seu filho de dois anos fica mais tempo acordado.

Sono do Bebê de Dois Anos : À medida que seu filho cresce, ele precisa progressivamente de menos sono do que quando era um bebê. A maioria das crianças de dois anos precisa de cerca de 12 horas em um período de 24 horas, em média. Compare isso à necessidade de 16 horas do recém-nascido.

E, é claro, a maior parte do sono dele agora ocorre a noite. Você também pode descobrir que o seu filho de dois anos mostra maior resistência para dormir do que o habitual. E que ele dorme mais tarde ou acorda muito cedo.

Tudo isso pode significar menos tempo de sossego (ou de sono) para você.

2. A ansiedade da separação de seu filho de dois anos pode ressurgir nessa época.

Sono do Bebê de Dois Anos : A ansiedade da separação atinge o auge por volta dos 18 meses. Mas pode ir e vir até a criança atingir cinco ou seis anos (ou até mais! Viva!).

A ansiedade da separação pode se basear no medo. O seu filho pode ter medo de ser deixado sozinho ou com pessoas que não conhece. Entretanto, ela também pode ser provocada pelo desejo de não perder a diversão.

Agora o seu filho de dois anos já sabe que você não vai simplesmente desaparecer. Ele sabe que você foi para algum lugar não muito distante, divertindo-se (na cabeça dele) pra caramba sem ele.

É compreensível que ele não queira ficar de fora. Se essa ansiedade da separação se manifesta assim que você sai da porta durante a hora da soneca e/ou de dormir, ela poderá perturbar o sono da criança.

Observação: “Muitos pais relatam que, de repente, têm que ficar com o filho enquanto ele adormece nas sonecas ou a noite. Isso é MUITO comum!”

 

3. De repente, seu filho de dois anos não quer mais tirar sonecas

Sono do Bebê de Dois Anos : Algumas crianças param de tirar a soneca da tarde. Você pode constatar que ao colocá-lo no berço, ele fica uma hora inteira falando/rindo/cantando/brincando. Ou pode constatar que a resistência dele à soneca não é nada agradável – ele pode passar uma hora inteira gritando!

Quanto à ansiedade da separação, essa resistência repentina às sonecas pode ser causada pelo desejo da criança de não perder nada.

Também pode ser o resultado de sua crescente independência e consciência de si mesmo – ele está ficando mais ciente do que quer e, se não quiser deitar para tirar uma soneca, com certeza vai avisar você!

Aconselho aos pais a tratar essa resistência repentina às sonecas como uma regressão e não como algo permanente.

A maioria das crianças não abandona completamente as sonecas até os três ou quatro anos. É melhor simplesmente ser consistente com a rotina e os horários da criança de dois anos e não desistir das sonecas ainda.

4. O seu filho de dois anos pode estar passando por algumas transições que perturbam o sono.

Sono do Bebê de Dois Anos : Há algumas transições comuns que o seu filho pode estar vivenciando:

  • Transição berço – cama: 
    Embora a maioria das crianças faça essa transição mais perto dos três anos, algumas crianças a fazem aos dois. Esse novo arranjo para a hora de dormir pode dificultar o sono dele a noite ou nas sonecas, visto que a cama nova é algo novo.
    Também é possível que a criança aproveite a liberdade recém-descoberta e saia da cama com frequência. Mesmo que você tenha lhe dito várias vezes para ficar deitado.
    Uma observação adicional: seja aos dois anos ou um pouco mais tarde, quando chegar a hora de mudar para uma cama, recomendo que você deixe o quarto do pequeno seguro.
  • Desfralde: 
    Novamente, a maioria das crianças só aprende a usar o banheiro por volta dos três anos (ou até depois). Mas alguns pais começam o processo de desfralde por volta dos dois anos.
    Se seu filho de dois anos começou no peniquinho, você poderá vê-lo levantar em meio ao sono e precisar usar o banheiro. Mesmo aquelas crianças que ainda não começaram o desfralde estão ficando cada vez mais cientes das funções do corpo.
    Não é incomum que crianças dessa idade acordem cedo pela manhã com a bexiga cheia ou precisando fazer cocô. Aos dois anos, a maioria das crianças está muito ciente da sensação desagradável que uma fralda molhada ou suja provoca.
  • Um novo irmãozinho: 
    É claro que isso não se aplica a todas as crianças, mas por volta dessa idade algumas crianças estão se preparando para se acostumar a ter um novo bebê em casa.
    Essa é uma mudança significativa para elas. E como todas as mudanças importantes, pode causar muita ansiedade para você também. Enquanto você luta com diversos horários diferentes e pode significar poucas horas de sono para todos.

5. Seu filho de dois anos pode começar a ter medos noturnos

Sono do Bebê de Dois Anos : seu filho está começando a ficar muito mais imaginativo. Isso faz as brincadeiras muito mais divertidas, mas – puxa vida – que problemas pode causar à noite!

A maioria dos medos noturnos das crianças de dois anos é provocada pela escuridão e tudo o que vem com ela – sombras assustadoras, monstros se esgueirando debaixo da cama, etc.

Nesta idade, as crianças estão ficando mais cientes do mundo e percebendo que há “gente do mal” e coisas lá fora que podem feri-las. Esses novos medos noturnos podem levar a pesadelos.Como ocorre com qualquer regressão ou fase, a melhor coisa a fazer ao se deparar com esses problemas é lidar com eles da melhor forma possível.

Esforce-se para ser consistente e tente lembrar-se que isso não vai durar para sempre. Lembre-se também de que você não quer que seu filho crie quaisquer maus hábitos enquanto está trabalhando em superar a regressão de sono de dois anos. Portanto, deixe que isso oriente suas decisões sobre o modo de agir. Você não quer criar ou alimentar hábitos de longo prazo para uma fase de curta duração, não é mesmo?

Finalmente, se você está fazendo o melhor que pode para lidar com o sono inquieto de seu filho de dois anos, mas está no fim de suas forças, pense em conversar comigo! Podemos juntas ajudar seu filho e você dormir melhor!

(52 Posts)

Inessa Sato 👦🏻 mamãe do Vini 😴 consultora do sono materno-infantil ✨ajudando famílias a dormir melhor 📩inessa@caiunosono.com.br

2 thoughts on “5 Fatos – Sono do Bebê de Dois Anos

  1. leticia

    Obrigada pelas informações!!! Estou passando por isto! Tenho q ficar c ele até dormir e hj não tirou a soneca de jeito nenhum! Nunca aconteceu!!!! Vai fazer 2 anos agora dia 13!!!

    Reply

Deixe uma resposta