8 Livros para mamãe de primeira viagem

8 livros para mãe de primeira viagem | por Caiu no sono

Livros para mamãe de primeira viagem são muito procurados pelas mulheres que querem entender melhor essa experiência mágica!

A maternidade é um privilégio e ao mesmo tempo um desafio, pois você vai passar por coisas que nunca passou antes e ninguém te dá um manual de como criar um filho (a). Uma solução que muitas mulheres procuram é recorrer aos livros que falam sobre maternidade.

Eles ajudam muito as mães (e também os pais) a aprender assuntos que vão desde a gravidez ao cuidado e crescimento do bebê.

No entanto, é preciso ter um cuidado: os livros trazem sugestões que os pais devem decidir se são adequadas para sua situação ou não. Lembre-se que a pessoa mais indicada para saber como cuidar do seu filho (a) é você!

Sendo assim, vamos listar abaixo 8 Livros para mamãe de primeira viagem para te ajudar nessa nova jornada.

Livros para mamãe de primeira viagem 1. Mãe em construção – reflexão, angústias e desafios (Isabel Coutinho)

Neste livro para mamães de primeira viagem, a autora traz sua própria vivência sobre maternidade e divide com as leitoras a complexidade desse momento.

Isabel é mãe de dois filhos e coloca no livro seus pensamentos diários (dúvidas, sentimentos e reflexões), que fazem as mães se identificarem e entenderem melhor pelo que estão passando.

A principal lição que esse livro traz é saber que “não é só com você! ”. Nenhuma mãe é perfeita e todas sentem alguma insegurança, mas isso não significa que você não possa ser uma boa mãe. Ler esse livro vai te ajudar a entender como outras mulheres pensam sobre maternidade.

2. Bela maternidade (Bela Gil)

livros-para-mamãe-primeira-viagem

Bela Gil, conhecida por ser culinarista e apresentadora da televisão brasileira, registrou sua experiência como mãe neste livro.

A autora conta desde a decisão de ter um bebê até a fase da introdução alimentar, passando pela gravidez, expectativas do parto e os dilemas da amamentação.

É uma ótima leitura para mulheres que ainda estão pensando em ser mãe ou estão no início da gravidez e querem conhecer um pouco dessa jornada da descoberta de uma mãe. Apesar de não existir manual oficial para maternidade, o livro funciona quase como isso, contando até com receitas e informações que você pode usar para atravessar todo esse período de forma saudável.

3. Gestos de amor, gestos de cuidado (André Trindade)

André Trindade traz neste livro o que você precisa saber, além de amor e instinto, para ser uma boa mãe ou um bom pai.

O autor detalha das situações mais simples até as mais complexas: banho do bebê, amamentação, massagem, sono e muitas outras. A ideia é preparar os futuros pais para lidar com vários momentos que envolvem ter um bebê.

4. Uma pergunta por dia para mães (Potter Style)

Este livro é uma das novidades da escrita sobre maternidade, chamado de “livro-diário”. Ele funciona da seguinte forma: são 365 perguntas diferentes, uma para cada dia do ano. Você pode começar em qualquer dia e, após percorrer os 12 meses do ano, volta para o começo.

Um ótimo livro para mamães de primeira viagem, ele ajuda na reflexão sobre seu dia a dia. Além disso, após dar a volta no ano e começar o livro novamente, você tem a oportunidade de revisitar suas respostas anteriores e entender como elas mudam ao longo do tempo (sinal do processo de aprender a ser mãe).

5. Origens mágicas, vidas encantadas (Deepak Chopra)

livros-para-mamãe-primeira-viagem

O livro “Origens mágicas, vidas encantadas” é escrito por um médico indiano que trabalha com medicina alternativa. A ideia dele é que as gestantes reflitam sobre a união entre corpo, mente e espírito durante a gravidez.

Além disso, o autor traz diversos exercícios que a mãe pode fazer para reforçar seu vínculo com o bebê, assim como maneiras que o pai pode usar para se aproximar desse processo.

6. Quando o corpo consente (Thérèse Bertherat, Marie Bertherat e Paule Brung)

Este livro é diferente desde seu momento de escrita. As autoras são mãe (Thérèse Bertherat), filha (Marie Bertherat) e uma parteira com mais de quarenta anos de experiência (Paule Brung).

As três mulheres se unem para falar das mudanças e do que ocorre no corpo da mulher durante a gravidez. Elas também trazem sugestões de movimentos para preparar a mulher para o nascimento do bebê.

O propósito do livro é despertar na mãe o gosto pelas sensações que seu corpo traz durante a gravidez, e as três autoras fazem isso explicando como ela pode se preparar para que o filho nasça livremente, em um corpo que consente.

Uma leitura que não pode faltar para as mulheres que prezam

7. Mamãe conta tudo (Flavia Fiorillo)

A obra, que faz parte de uma série de Flávia Fiorillo, tem como proposta ajudar as mulheres nas dúvidas e problemas que surgem com o crescimento dos filhos. Usando uma linguagem informal e acessível, a autora prepara as mães para as descobertas que elas e os filhos fazem no decorrer da infância.

O livro contém ótimas explicações para mamães de primeira viagem sobre como funciona o sono das crianças até 5 anos de idade, como identificar os sinais dos primeiros dentes, o momento certo para passar a usar papinhas e sopas na alimentação, o processo de desfralde, e muitos outros momentos que a mulher precisa aprender a lidar com o passar dos anos.

8. A Maternidade e o Encontro com a Própria Sombra (Laura Gutman)

livros-para-mamãe-primeira-viagem

Laura Gutman é psicoterapeuta e traz esse livro especialmente focado no puerpério (fase pós-parto na qual a mulher experimenta modificações físicas e psíquicas, consequências do fim da gravidez).

Esse período geralmente faz as mães se sentirem sozinhas e as únicas do mundo a passar por essa experiência. A ideia da autora é mostrar para essas mulheres que elas podem superar esse período e que essa sensação é comum para quase toda mulher no pós-parto.

Livros para mamãe de primeira viagem 9. Bônus: Diário de um Grávido (Renato Kaufmann)

Não podemos esquecer que, apesar de ser necessário todo um preparo para as mães, os pais também podem e devem ajudar nesse processo!

Este livro traz o relato do publicitário Renato Kaufmann sobre toda a descoberta de ser pai desde o nascimento do seu filho. Sua ideia é registrar a gravidez do ponto de vista masculino.

É uma ótima indicação para pais que querem saber tudo o que podem passar na paternidade, e também para mães que querem entender melhor o que passa na cabeça de seus companheiros durante a gravidez.

(119 Posts)

Inessa Sato Mamãe do Vini, Consultora do Sono materno-infantil ✨ajudando famílias a dormir melhor 📩inessa@caiunosono.com.br

Deixe uma resposta