Parto Cesárea: o porque e suas vantagens?

Parto_Cesárea
Parto_Cesárea

Porque escolher parto cesárea e quais suas vantagens? Essa é uma das dúvidas mais comuns entre as mulheres. Especialmente em grávidas.

Quando uma mulher vai dar à luz pela primeira vez, é normal ter muitas dúvidas. Uma delas tem a ver com o porto. Nesse sentido, as mulheres se perguntam qual o melhor: parto cesáreo ou normal.

O avanço da tecnologia proporcionou múltiplas facilidades para a vida humana. Também o avanço da ciência e, neste caso, da medicina permitiu que as pessoas tivessem uma melhor qualidade de vida.

No entanto, nos últimos tempos, procedimentos cirúrgicos têm sido utilizados como uma rota de escape para processos naturais, que incluem o parto.

O papel da assistência médica no parto cesárea

Muitas mulheres preferem, devido ao medo ou à conveniência, realizar um parto cesárea em vez de parto normal.

O fato de a cirurgia ter surgido como uma ajuda para o ser humano em caso de dificuldades é frequentemente ignorado. A cirugia é indicada para alguns itens entre os quais:

1. Proteger a vida (mãe e filho).

2. Evite desvios, ferimentos e afins.

3. Cuidar da saúde em caso de dificuldades.

Dar à luz é uma experiência que as mulheres não devem evitar se não houver riscos para a sua saúde ou a do bebê. Afinal, uma cesárea é um procedimento que deve ser reservado apenas em caso de necessidade real. Não como uma rota de fuga.

Temos que pensar um pouco além das nossas circunstâncias. Se a espécie humana optar pela cesárea como método de parto, o corpo sofrerá progressivamente alterações.

A consequência mais óbvia disso será um desvio do processo evolutivo que pode até mesmo incapacitar completamente as mulheres no momento do parto.

Parto_Cesárea

A informação é fundamental para o parto cesárea

A partir do momento em que a gravidez é confirmada, a mulher deve tentar estar bem informada sobre todos os processos que ela vivenciará durante toda a gestação. Não apenas para sua paz de espírito, mas também para que você possa agir de forma consistente e saber como assumir a responsabilidade por sua saúde.

Com relação à decisão sobre se a cesárea é melhor ou não, você pode sempre contar com a opinião de vários médicos. Isso não significa que você deva consultar mais de 3 especialistas, mas pode ajudar a ter uma segunda opinião além seu nosso ginecologista de confiança.

Quanto melhor uma mulher for informada, mais fácil será para ela tomar uma decisão informada. Por outro lado, a informação proporcionará uma gravidez e, claro, um parto mais calmo, já que ajuda a esquecer os medos.

Parto cesárea é uma opção para considerar

A ideia não é demonizar o parto cesárea. Pelo contrário, trata-se de vê-lo com perspectiva. Em outras palavras, você deve pensar em cesariana como outra alternativa e não como primeira opção.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) inclui a taxa de cesáreas como um indicador da qualidade dos cuidados maternos e perinatais.

Em suas recomendações de 1985, ele referiu, como critério de qualidade, uma taxa de cesárea de 15% dos nascimentos. Isso foi baseado no número de mulheres que deveriam ter complicações potencialmente fatais.

Existem fatores que podem estar relacionados a esse aumento no pedido de cesáreas. Um deles é o aumento da idade média em que as mulheres engravidam.

Isso significa que, como as mulheres geralmente ultrapassam os 30 anos de idade, os riscos de ter o bebe com parto normal são maiores e isso leva a uma cesárea mais frequente.

Existem muitas outras razões válidas. Tudo depende do caso. Mas é necessário levar em conta que as necessidades de uma mulher não são as mesmas de outra mulher grávida. Portanto, a decisão final deve ser realizada com total consciência.

Parto_Cesárea

Parto cesárea

O parto cesáreo é aquele em que o bebê deixa o útero da mãe através de um corte feito no abdômen e no útero da mulher. É uma intervenção cirúrgica importante e, como tal, apresenta certos riscos.

A cesariana deve ser realizada sob anestesia. Atualmente, as epidurais geralmente são usadas, embora no passado fosse comum o uso de anestesia geral.

A cesariana também pode ser complicada e apresentar vários riscos para a mãe e o bebê.

A seguir, discutiremos alguns benefícios do parto cesáreo:

  • Não há dor durante o parto devido à anestesia.
  • O tempo da intervenção é curto, cerca de 30 minutos, se tudo correr bem.
  • Sabemos exatamente o dia em que o bebê nascerá se a cesariana tiver sido agendada.
  • Existe um risco menor de complicações para o bebê.
  • Não há trauma na área vaginal e, portanto, o risco de sofrer de incontinência urinária é menor.

O melhor será sempre se aconselhar com seu médico para que ele aconselho o melhor tipo de parto.

Quando é realizado um parto cesárea?

Quando há risco para a mãe ou para o recém-nascido. O parto vaginal é sempre preferível, mas há situações em que essa via colocaria em risco a saúde da mãe ou do bebê, como no caso de certas posições do feto.

Quando uma cesárea é agendada?

Ocasionalmente, os riscos são conhecidos antes da chegada do parto, razão pela qual uma cesárea programada é escolhida, mas outras vezes os riscos são detectados durante a fase de dilatação do trabalho de parto e é necessária a entrada da cirurgia.

Parto_Cesárea

Existe algum perfil da mulher que se submete a um parto cesárea?

Não há perfil estabelecido, mas podem fatores de risco que aumentam a probabilidade de realização de cesárea. Sempre tenha em contato seu medico de confiança. 

A genética e as cesarianas praticadas nas mulheres da família influenciam?

Não influencia, exceto no caso em que o parto é condicionado por uma doença hereditária que contraindica o parto vaginal. Como quando uma mãe tem uma doença neurológica que a impede de ter um parto vaginal. Se a filha também sofrer, você poderá precisar realizar uma cesariana.

Uma mulher que fez parto cesárea pode amamentar seu filho? Ou há geralmente mais complicações?

Sim, você pode amamentar seu filho. Embora possa demorar um pouco mais de tempo para se adaptar ao processo de amamentação, porque a mãe está mais limitada pela dor da cirurgia. A amamentação é um processo que se inicia na mesma sala de cirurgia quando se faz contato com o bebe, que ocorre em cada vez mais hospitais e também ajuda a manter a temperatura corporal do recém-nascido e promove o vínculo entre mãe e filho.

Quais diretrizes podem ser seguidas para se recuperar de uma cesárea?

Uma mulher que fez um parto cesárea pode se recuperar sem complicações com indicações como:

  • Comece a andar o mais rápido possível.
  • Mantenha a ferida cirúrgica limpa e seca.
  • Evite fazer esforços extras.
  • Retornar à atividade normal gradualmente.
  • Após o parto cesárea, a mãe pode andar, subir escadas, levantar objetos ​​e realizar atividade física. Conforme a mulher se recupera, ela também pode retomar a relação sexual durante pós parto ou puerpério, que em termos médicos significa o período de tempo durante o qual a recuperação completa do sistema reprodutivo dura após o parto e geralmente dura entre cinco e seis semanas).

Conteúdo:

*publicamos o que consideramos dicas e sugestões seguras, todo o conteúdo da Caiu no Sono são fornecidos “no estado em que se encontram”, sem garantias expressas ou implícitas. Esta publicação não se destina a uso como uma fonte de aconselhamento médico.

(96 Posts)

Inessa Sato Mamãe do Vini, Consultora do Sono materno-infantil ✨ajudando famílias a dormir melhor 📩inessa@caiunosono.com.br

Deixe uma resposta