Quais os cuidados na gravidez de gêmeos?

Cuidados na gravidez de gêmeos | por Caiu no sono

A gravidez de gêmeos é um dos casos enquadrados como “gravidez de risco”. Isso ocorre porque o útero da mulher é feito para aguentar uma gestação por vez. Nas gestações de gêmeos esse órgão é sobrecarregado e todo o organismo da mãe também, o que pode prejudicar os bebês.

Os riscos para as mães envolvem questões como a pré-eclâmpsia (pressão mais alta na gravidez), diabetes, anemia etc. Já em relação aos bebês, eles têm mais chances de ter um nascimento prematuro, entre outros problemas.

No entanto, assim como em outros tipos de gravidez de risco, a gestação de gêmeos pode ter seus riscos diminuídos e a saúde da mãe e dos bebês garantida.

Assim, vamos descobrir quais são os principais cuidados na gravidez de gêmeos e como os pais podem diminuir as chances de problemas indesejados.

Gravidez de gêmeos: Compareça a todas as consultas do pré-natal

Nenhuma mãe deve deixar de lado a preocupação com o pré-natal, e isso é especialmente verdade para mães de gêmeos.

Como estamos falando de uma gestação mais delicada, o acompanhamento médico deve ser bem próximo, pois as chances de ocorrer alguma complicação são maiores. Enquanto para mulheres com gravidez habitual a recomendação para comparecer a exames é com frequência de quatro semanas, as mães de gêmeos devem comparecer a consultas e exames a cada duas semanas da gestação.

A quantidade de exames também é aumentada para que a possibilidade de um parto prematuro possa ser detectado. Por conta da distensão maior do músculo do útero, a distensão máxima em gravidez gemelar tem mais chances de ocorrer antes do tempo (parto com 37 semanas ou menos).

Gravidez de gêmeos: Tire muito tempo para descansar

gravidez de gêmeos

Por conta da maior exigência do organismo da mulher, as gestantes de gêmeos tendem a sentir mais fadiga e sono. Nesses momentos é importante respeitar os limites de seu corpo e descansar bastante. Não tente fazer esforços desnecessários, pense primeiramente em seus bebês.

Deixar a rotina mais simples é uma ótima opção para as mães, pedindo ajuda de amigos e familiares nas tarefas do dia a dia, como arrumação da casa.

O descanso deve ser priorizado em todos os meses da gestação, especialmente nas últimas semanas. Caso você precise trabalhar fora, é possível solicitar uma licença-maternidade mais cedo, para evitar qualquer esforço mais extremo. O médico (a) saberá fazer as melhores recomendações sobre o descanso.

Gravidez de gêmeos: Acompanhe de perto sua pressão

Um dos cuidados na gravidez de gêmeos envolve acompanhar bem a pressão. Nas gestações múltiplas, a pressão sanguínea fica mais propensa a uma elevação, podendo ocorrer a condição de pré-eclâmpsia, que pode acarretar também em perda de proteínas pela urina.

Além disso, a hipertensão tem uma relação direta com os hormônios da placenta, e em uma gravidez de gêmeos dizigóticos existem duas placentas.

Gravidez de gêmeos: Preste atenção à sua postura

Em qualquer gestação o eixo de gravidade do corpo da mulher já tem a tendência a ser alterado devido à concentração de peso em uma só região. Com a gestação de gêmeos, a postura se torna comprometida, e por isso, precisa de mais observação por parte da mulher.

Essa sobrecarga nos músculos, ossos e ligamentos afeta bastante o corpo da mãe e, caso ela esteja com sobrepeso, a situação fica ainda pior. Para auxiliar, é interessante ter um acompanhamento de um (a) ortopedista além do (a) obstetra.

Gravidez de gêmeos: Tenha uma alimentação saudável

Outra forma de aumentar os cuidados na gravidez de gêmeos é prestar bastante atenção à sua alimentação. Além de ser importante para controlar o ganho de peso, a escolha de alimentos saudáveis e o fracionamento das refeições comendo de forma leve, ajuda na saúde da mãe e dos bebês.

gravidez de gêmeos
  • Alimentos ricos em fibras: são ótimos para reduzir os níveis de glicemia (absorção de glicose) no sangue, e impedem o desenvolvimento de diabetes gestacional.
  • Frutas, legumes e cereais integrais: evitam a prisão de ventre e fazem a mãe receber uma maior quantidade de vitaminas e minerais;
  • Alimentos ricos em ácido fólico, como fígado de galinha, peru cozido, feijão e lentilhas: o ácido fólico previne o desenvolvimento de doenças graves no bebê como a espinha bífida e malformações neurológicas;
  • Alimentos ricos em ômega 3, como salmão, sardinha, sementes de chia, sementes de linhaça e nozes: esses alimentos vão auxiliar no desenvolvimento do cérebro dos bebês, além de reduzir o risco de parto prematuro;
  • Alimentos que compõem lanches saudáveis, como frutas secas, iogurte de baixo teor de gordura ou sanduíches com queijo branco ou presunto magro;
  • Evitar o consumo de alimentos como industrializados, frituras, refrigerantes;
  • Alimentos que são fontes de ferro, como carne vermelha magra, vegetais de folhas verdes e feijão: reduzem o risco de anemia (é importante também evitar o consumo de leite e café após as refeições, pois estes alimentos são prejudiciais para a absorção do ferro pelo organismo).

Gravidez de gêmeos: Observe bem a realização de atividades físicas

Geralmente é recomendado que as mulheres grávidas que já praticavam exercícios antes da gestação continuem no mesmo ritmo. No entanto, com a gravidez de múltiplos, que é considerada de risco, são necessários mais cuidados na realização de atividades físicas.

Os médicos costumam recomendar uma diminuição dos exercícios e evitar atividades consideradas de impacto ou que possam ocasionar perda de equilíbrio, como lutas e andar de bicicleta. Nesses casos, é interessante que a mãe troque esses exercícios por outros mais amenos, como caminhadas e hidroginástica.

gravidez de gêmeos

Em casos que a gestante possa ter riscos de aborto, como cólicas e sangramentos repentinos, a prioridade é descansar e respeitar os sinais que o corpo dá para ficar longe de exercícios físicos.

Para continuar com a realização de atividades físicas, caso a mãe não tenha apresentado nenhum risco de complicação, a recomendação é que os exercícios sejam orientados por um educador físico especializado e também sempre informadas ao médico (a) responsável.

Gravidez de gêmeos: Esteja preparada para um parto prematuro e para uma cesariana

Nossa última recomendação sobre cuidados na gravidez de gêmeos é a preparação da mãe para um parto prematuro e para uma intervenção cesariana.

É muito comum que mulheres grávidas de gêmeos entrem em trabalho de parto entre 36 e 37 semanas de gravidez (quando na verdade o habitual é após 40 semanas).

Além disso, é provável que o parto seja por cesariana, pois os gêmeos dificilmente ficam em uma posição favorável e segura para realização de um parto normal.

(119 Posts)

Inessa Sato Mamãe do Vini, Consultora do Sono materno-infantil ✨ajudando famílias a dormir melhor 📩inessa@caiunosono.com.br

Deixe uma resposta