FullSizeRender 1

Associações de Sono do Bebê – É Prejudicial Ninar o Bebê?

Faz mal ninar o bebê na hora de dormir? Depende. Nunca é má ideia abraçar o bebê e dar-lhe muito amor e afeto. Ninar o bebê só se torna um problema quando você não consegue fazê-lo o tempo todo. Vamos voltar um pouquinho e explicar o que é a associação do sono do bebê.

Qual é sua associação de sono do bebê? Como você adormece?

Que tipo de rotina você segue todas as noites antes de dormir? Você assiste TV? Conversa com seu parceiro? Lê um livro? Tem travesseiro especial? Essas são coisas com as quais você se associa ao ir dormir todas as noites.

O que iria acontecer se você ficasse sem energia e não pudesse assistir ao noticiário ou ler um livro? Você teria dificuldade em adormecer? Talvez sim, talvez não. Você teria dificuldade em dormir sem seu travesseiro?

É provável que isso lhe causaria mais problemas. Algumas associações com o sono são mais fortes que outras.

O que aconteceria se você fosse dormir e acordasse duas horas depois sem seu travesseiro e cobertor?

Você conseguiria voltar a dormir sem procurar o travesseiro?

Então, vamos analisar como esse novo conceito de “associações de sono” podem afetar seu filho.

[mc4wp_form id=”1071″]

Qual é a associação de sono de seu filho? Como seu filho adormece?

Vamos ver como muitos bebês adormecem: eles podem adormecer enquanto são ninados pela mãe ou o pai na cadeira de balanço, aconchegado no colo da mãe ou podem adormecer enquanto mamam. Ou, talvez, eles adormeçam com o simples uso de uma chupeta.

Exceto pelo problema com os dentes com a mamadeira mais tarde, não há problema com qualquer um desses métodos de adormecer até que eles se tornem um problema.

Como foi com meu filho:

Meu filho adorava que andassem com ele no colo, ser ninado e abraçado até adormecer. Ele também adorava tirar uma soneca no balanço ou mamando. No início isso não foi um problema. Ele adormecia depressa e nós o colocávamos no berço. Mas, várias semanas depois (que ele já estava com peso bom e que o pediatra havia dito que ele já poderia ementar uma noite inteira de sono), eu me vi dando de mamar varias vezes à noite, todas as noites, antes de colocá-lo no berço.

Ele adormecia facilmente, mas acordava quando era deitado. Ah, e então, eu precisava repetir o processo a cada 1-2 horas quando acordava. Era exaustivo e eu estava no limite! Assim, pusemos o bebê para dormir em nossa cama, o que nos proporcionou mais sono, mas eu ficava muito nervosa com a possibilidade de eu ou meu marido deitar em cima dele ou sufocá-lo com as cobertas.

Tenho o sono leve e sempre que ele acordava para mamar, eu tinha dificuldades para voltar a dormir. Levar o bebê para a cama funciona para muitas pessoas e não estou criticando essa opção. Ela apenas não funcionou para nós e é importante que cada família descubra o que funciona melhor para ela. Depois de saber sobre associações de sono, pude levá-lo de volta ao berço aos seis meses de idade e ambos dormimos MUITO depois disso.

[mc4wp_form id=”1071″]

O Problema com Associações de Sono

O problema com associações de sono está no fato de que seu bebê precisa que VOCÊ recrie um ambiente em que ele adormeça. VOCÊ se torna o ‘travesseiro” e quando ele acorda durante as transições de sono (que TODOS temos) e sente que o “travesseiro” desapareceu, não sabe como voltar a dormir.

Assim, o segredo está em deixar que ele adormeça do mesmo jeito que acorda periodicamente durante a noite. Se ele acordar brevemente e você “desapareceu” ou o movimento parou ou a chupeta caiu ou… ele vai acordar mais e pedir que você o ‘ajude” outra vez.

O lado positivo disso é que aos 3-4 meses eles realmente não “precisam” tanto de você quanto você imagina e realmente aprendem a adormecer sozinhos, se já não aprenderam até o momento.

Para finalizar

Quero reiterar que ninar o bebê, oferecer uma chupeta, dar o peito ou a mamadeira antes de dormir, etc, não são coisas ruins de fazer. Não há problema se você ninar o bebê durante dez minutos, colocá-lo no berço quando ele adormecer e ele dormir a noite toda.

O problema só surge quando você não consegue continuar com o processo (inserir a associação de sono).

Lembre-se de que a fragmentação de sono que a deixa exausta não é melhor para o bebê do que para você. Se você estiver de muito mau humor, não acha que ele também vai ficar com o passar do tempo?

Eu ADORARIA ter podido ninar meu filho (eu tentei, fazia parte de minha natureza). Voltamos aos maus hábitos mais vezes do que eu gostaria, mas isso se tornava uma dificuldade SEMPRE.

No final, pude continuar a amamentá-lo para dormir e ele aprendeu as habilidades necessárias para VOLTAR a dormir o resto da noite. Com oportunidade e prática todos podemos aprender um novo jeito de dormir, até mesmo sem um travesseiro.

Que tipo de associações de sono você tem? E seu filho?